Vacina com validade curta pode ajudar MS a imunizar toda população

Estado quer lote total da vacina da Janssen, que chega ao Brasil perto de vencer, para concluir vacinação em 5 dias; pedido foi feito pelo Cosems-MS

GABRIELLY GONZALEZ


Brasil deve receber na próxima semana, 3 milhões de doses da vacina Janssen, no entanto, País terá 10 a 14 dias para receber, distribuir e aplicar todas as doses, pois o imunizante tem data de vencimento para dia 27 de junho.

Pensando em um cenário nacional, Mato Grosso do Sul se vê na frente dos outros estados na aplicação tanto da primeira, como segunda dose, com isso, o Cosems-MS (Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul) encaminhou ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para enviar o lote com 3 milhões de doses da vacina contra covid da Janssen ao Estado.

Para a reportagem do JD1 Notícias, o presidente do Cosems-MS, Rogério Leite, disse que vacinar a população em massa é um anseio de todos e foi preciso externar todas as condições ao Ministério de Saúde. “Teremos um prazo menor na distribuição e aplicação, então por que não utilizar essas doses em MS, que faltam 1 milhão e 840 mil pessoas [estimadas] para ser imunizadas?”, ponderou Rogério.

“Podemos fazer como o Amazônia e o Maranhão e fazer a imunização acelerada, levando em conta que estamos em uma situação epidemiológica grave, com índice alto de casos”, pontuou o presidente da Cosems.

Leite afirmou que o pedido foi feito para que, em vez de enviar somente para as capitais, envie ao estado de MS, onde a logística já está pronta e os 79 municípios prontos para fazer esta imunização.

De acordo com Rogério, o pedido já foi enviado ao PNI (Plano Nacional de Imunização), ao Ministério de Saúde. Além disso, o Cosems tem o apoio do secretário de saúde, Geraldo Resende, que entende a necessidade do envio dessas vacinas ao Estado.

Se permitido a distribuição em MS, previsão é que em cinco dias, toda a população do Estado seja imunizada.