19/12/2017 

Mulher suspeita de matar pais em Corumbá é presa em Chapadão do Sul com namorado

Casal estava num hotel da cidade quando foi preso

Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: WhatsApp/Jornal da Nova

Casal estava num hotel com criança de 3 anos / Imagens: WhatsApp/Jornal da Nova

Suspeita de matar os pais e enterrá-los na varanda de casa, Rita de Kássia Ledesma Ferreira, foi presa na companhia do namorado Diego Antônio da Silva, co-autor do crime, na tarde desta segunda-feira (18), em um hotel na cidade de Chapadão do Sul. Uma criança de três anos, que estava com o casal, foi recolhida e entregue ao Conselho Tutelar.

 

De acordo com informações a Polícia Militar, o casal se entregou sem resistência e admitiu estar escondido há vários dias na cidade, e assim que o dinheiro da venda dos móveis das vítimas acabou, eles pagaram a conta com o celular roubado do padrasto de Rita. Também foram encontrados pelos policiais os documentos das vítimas e a criança de três anos.

 

A suspeita contou friamente os detalhes do crime, que aconteceu em Corumbá no mês passado, e como vendeu os pertences das vítimas para fugir. 

 

A família sentiu falta de Marilene Ledesma Ferreira de 53 anos e Paulo Mariano Pinto de 58 anos, uns 15 dias antes da localização dos corpos. A prisão foi realizada pelas Polícias Civil e Militar.

 

O duplo homicídio

Os corpos de Paulo e Marilene Ledesma Ferreira foram encontrados enterrados na varanda da casa, no dia 24 de novembro, em Corumbá, após quinze dias desaparecidos.

 

O cunhado de Paulo foi até a casa para procurar pelo casal, quando flagrou o imóvel com a porta arrombada e todo revirado. Eles observaram que havia a colocação recente de tijolos no local com areia fina, sinalizando que algo poderia ter sido concretado. 

 

Ao revirarem a terra encontraram pedaços de madeira de um guarda-roupa, um edredom sujo de sangue e forte odor. Começou ai a localização dos cadáveres e a procura aos assassinos, que eram a própria filha e o genro das vítimas.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.