09/10/2017 

Governo pede penhora de bens de Ratinho para garantir pagamento de dívida

Defesa do apresentador contesta cobrança de débitos de R$ 74 milhões na Justiça

Época

O apresentador Ratinho (Foto: Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press/Folhapress)

Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, órgão do Ministério da Fazenda, promove uma blitz contra o empresário e apresentador de televisão Ratinho. Busca na Justiça bens para quitar uma dívida tributária de R$ 74 milhões referente ao Imposto de Renda. Entre os bens penhorados para garantir o pagamento da dívida está uma fazenda no Acre, avaliada em R$ 225 milhões. A Justiça também determinou à Agência Nacional de Aviação Civil que informe aeronaves em nome dele. A defesa de Ratinho discorda da metodologia aplicada para calcular o imposto e contesta a cobrança na Justiça.

 

O apresentador Ratinho, que costuma trazer vários casos polêmicos para o palco de seu programa, pode ser o protagonista de um novo escândalo. O artista acumulou uma dívida de R$ 74 milhões, segundo a Época.

O valor astronômico seria referente a uma dívida do Imposto de Renda. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional estaria pedindo na Justiça a penhora de bens do Ratinho para quitar o valor.

Entre os bens que o apresentador pode perder, está uma fazenda no Acre, avaliada em R$ 225 milhões. A Agência Nacional de Aviação Civil também já foi notificada a informar se há aeronaves no nome do artista.

A defesa de Ratinho não concorda com a forma como o imposto foi calculado, e contesta o valor.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.