01/08/2018 

Partido de Marcos Trad firma aliança para apoiar reeleição de Azambuja

PSD segue os caminhos da executiva nacional, que apoiará Alckmin à presidência

YARIMA MECCHI E RENATA VOLPE HADDAD

Marcos Trad apoiará Azambuja - Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado

O partido do prefeito Marcos Trad (PSD) firmou aliança para apoiar a reeleição do governador, Reinaldo Azambuja (PSDB). Seguindo os caminhos da executiva nacional, que vai apoiar o candidato tucano à presidência da República, Geraldo Alckmin, o presidente regional da sigla, Antônio Lacerda, destacou confiança no resultado. 

 

“Saímos de São Paulo sabendo que o melhor caminho para o Brasil é Alckmin. Sempre teve parceria institucional entre prefeitura e governo. Estabelecemos empatia pelo governo a primeira vista. Não tenho dúvida que é  o melhor melhor pra Mato Grosso do Sul. O PSD caminhará com PSDB”, disse. 

 

A possibilidade de Trad apoiar Azambuja já era cogitada desde o início do ano, porém com a tendência do deputado federal Fábio Trad, irmão do prefeito, disputar a administração do Estado causou uma indisposição entre os partidos. “Não precisamos de nenhum extremismo. O Estado precisa de equilíbrio e experiência. Tivemos embates, mas quem não se aliança com quem já te feriu?”, questionou Fábio. 

 

Chefe do Executivo municipal, Marcos destacou em seu discurso que a transparência do governo tucano foi um fator importante para a aliança. “Aqueles que geram a máquina pública com transparência, só vão dar valor quando outro entrar e destruir tudo. Não é fácil manter em dia salário do funcionário público. Vamos pedir comprometimento público para aqueles que estão acima da gente, todo dinheiro que vai pra cá, sai daqui”, disse.

 

O governador do Estado também está reunido com o PSD na sede do partido, mas ele chegou sem falar com a imprensa.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.