12/07/2018 

Escolas públicas têm novo sistema para pedir livros didáticos não utilizados

Por Ministério da Educação

Pedidos precisavam ser por meio físico, com aprovação prévia - Foto: Arquivo/ Governo do RN

As unidades de ensino da rede pública de todo o País que se interessarem pelos livros didáticos já retirados do ciclo de atendimento, ou seja, os que sobraram da distribuição prevista para o ano, têm uma nova forma de fazer o pedido.

Agora, as escolas podem requerer os títulos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) diretamente no Sistema PDDE Interativo, por meio da ferramenta Doação.

Antes, as solicitações precisavam ser feitas por meio físico, com necessidade de aprovação prévia da respectiva Secretaria de Educação. Hoje, o sistema eletrônico das unidades de ensino resolve todas as questões e é mais rápido.

O FNDE, por meio do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), envia livros às instituições cadastradas anualmente, mas restam armazenados materiais didáticos novos, que nunca foram utilizados.

Em respeito ao princípio da sustentabilidade que rege as ações do Programa do Livro, eles são doados às redes de ensino gratuitamente, desde que solicitados. No Manual de Doação de Livros, é possível entender como é feita essa distribuição.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.