19/04/2018 

'Por vocês valerá a pena morrer', diz Lula em recado à militância

Recado foi repassado por seus advogados e lido aos manifestantes

FOLHAPRESS

Recado de ex-presidente foi dado à militância que o acompanha em frente à Polícia Federal, em Curitiba - Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Fotos Pública

Em novo recado à militância que o acompanha em frente à Polícia Federal, em Curitiba (PR), o ex-presidente Lula disse que valerá a pena morrer por seus apoiadores. "Por vocês valeu a pena nascer e por vocês valerá a pena morrer", afirmou.

O recado foi repassado por seus advogados e lido aos manifestantes na tarde desta quarta-feira (18) pelo vice-presidente do PT, Márcio Macedo.

"Queridos e queridas, companheiras e companheiros, vocês são o meu grito de liberdade todo dia. Se eu não tivesse feito nada na vida e construído com vocês essa amizade, já me faria um homem realizado. Por vocês valeu a pena nascer e por vocês valerá a pena morrer."

A leitura foi realizada em um ato político que contou com a presença do ex-ministro das Relações Exteriores de Lula e possível candidato ao governo do Rio, Celso Amorim (PT).

Este é o segundo recado de Lula para os manifestantes, desde o dia 7 de abril, quando se entregou à Superintendência da Polícia Federal. No primeiro, transmitido há dois dias, o ex-presidente disse que está tranquilo, mas indignado.

"Continuo acreditando na Justiça e por isso estou tranquilo, mas indignado como todo inocente fica indignado quando é injustiçado", escreveu.

Nesta terça (17), 11 senadores da Comissão de Direitos Humanos do Senado fizeram uma diligência na cela de Lula. Eles disseram que o petista está forte, mas preocupado com o futuro do país e da democracia. Os parlamentares criticaram, mais uma vez, o isolamento de Lula.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.