11/04/2018 

Maracaju: Polícia Civil prende em flagrante homem de 68 anos de idade por estupro de vulnerável

Criança de apenas 10 anos de idade do sexo feminino foi vítima.

Maracaju Noticias

JOSE ANTONIO ALVES LESCANO (68) foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. / Foto: Polícia Civil

Na noite de ontem (09), o Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Polícia de Maracaju prendeu em flagrante JOSE ANTONIO ALVES LESCANO (68) pelo crime de estupro de vulnerável.

Conforme as investigações, José Antônio pagava entre R$ 10 a R$ 20,00 para que uma vítima de 10 anos de idade permitisse que ele praticasse os abusos sexuais.

A vítima ia todo final de tarde na casa de José Antônio onde eles adentravam o imóvel, onde segundo a vítima, ele mantinha conjunção carnal com a criança.

Após recebimento de denúncia anônima, as equipes de policiais civis passaram a monitorar a residência, e por volta das 18:00h os agentes viram a vítima entrando na casa, localizada Rua Da Esperança Vila Juquita.

Os policiais se aproximaram da residência e surpreenderam José Antônio no momento em que abusava da vítima que relatou que há mais de ano mantem relação sexual com José Antônio.

Se você foi vítima de José Antônio Alves Lescano, pode denunciá-lo ligando no telefone 3454-1972 da Polícia Civil ou vá diretamente a delegacia e o denuncie.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.