26/03/2018 

Jovem que teve testa tatuada é preso por furtar desodorantes em SP

De acordo com informações do G1, depois de pagar R$ 1 mil de fiança, o jovem foi liberado e responderá em liberdade.

msn

Reprodução O caso ganhou repercussão nacional quando o adolescente, após tentar furtar uma bicicleta, em junho passado, teve a testa tatuado com "eu sou ladrão e vacilão"

O caso do adolescente de 17 anos que teve a frase "eu sou ladrão e vacilão" após tentar furtar uma bicicleta em São Bernardo do Campo, em junho passado, ganhou mais um capítulo nesse sábado (24). Hoje com 18 anos, o rapaz foi preso em flagrante por furtar desodorantes em um supermercado em Mairiporã, na Região Metropolitana de São Paulo.

 

De acordo com informações do G1, depois de pagar R$ 1 mil de fiança, o jovem foi liberado e responderá em liberdade. Na época, o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27 anos, e o vizinho Ronildo Moreira de Araújo, 29 anos, foram presos em flagrante por tortura.

 

O dono do estabelecimento prestou queixa na delegacia. Conforme o boletim de ocorrência, o homem viu o garoto colocar dois objetos dentro da calça. Quando saía do local, o jovem foi abordado e flagrado com cinco frascos do produto.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.