13/02/2018 

Mulher é presa após matar marido esfaqueado e diz que ele se matou

Crime ocorreu na tarde da segunda-feira em Três Lagoas

Guilherme Cavalcante

(Foto - Radio Caçula/Reprodução)

Um homem de 41 anos, identificado como Gilberto Carvalho da Silva, foi morto a facadas por volta das 17h40 da segunda-feira (12), em Três Lagoas, a cerca de 340km da Capital. A esposa da vítima, Danielly Vicente Azambuja, de 26 anos, é suspeita de ter cometido o crime e foi presa em flagrante. Ela nega a autoria e afirma que o marido se matou.

 

De acordo com o site Patrulha News, equipes do Corpo de Bombeiros que atenderam a ocorrência e socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ainda tentaram reanimar a vítima, que não resistiu aos ferimentos. Ao site, a suspeita afirmou que discutiu com a vítima porque ele não teria deixado-a sair de casa. Ela afirma ter sido ameaçada de morte e que na sequência a própria vítima teria se matado com golpes de faca.

 

Informações preliminares trazem que o casal, que estaria junto há três meses, brigava com frequência e que faziam uso de bebidas alcóolicas quando iniciaram discussão e se agredido fisicamente no meio da rua - os golpes de faca teriam ocorrido quando ambos entraram no imóvel. A suspeita já possuiria passagem pela polícia.






0 Comentários

REGRAS:
Os comentários feitos no Site são moderados. Seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Também não serão aceitos codinomes. O seu e-mail não será divulgado.

Comentários que não tenham relação clara com o conteúdo reportado, ou que tenham teor difamatório, calunioso, injurioso, de incitação à violência, que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica, que tenham característica de prática de spam, racista ou a qualquer ilegalidade, também serão vetados.

O Site não se responsabiliza pelos comentários dos leitores-internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às imposições acima.